Follow by Email

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Eu sou GAY; um pouco da minha história...


Este é um dos assuntos que à um tempo atrás estava evitando bastante comentar aqui, eu não pretendo que esse blog se torne um blog gay, apenas tenho necessidade de falar um pouco sobre esse universo, afinal, o título do blog é "Inside Of Me" (Dentro de Mim); então nada mais justo que comentar sobre este estilo de vida...
Preconceito é uma das primeiras idéias que se vem na cabeça das pessoas quando se trata desse assunto e desse tipo de pessoa, quando eu falo ''gay'', estou me referindo à homens e mulheres, pra quem não sabe ainda, quando uma mulher se denomina ''gay'' é a mesma coisa que ''lésbica'', acho que nem deveria existir a palavra ''lésbica'' mas enfim... Me descobri gay desde meus 10 ou 11 anos, e desde então nunca me aceitei, por que além de vir de uma família evangélica, fui criado praticamente dentro da igreja, conforme os mandamentos que a instituição evangélica proferia. Vivi muitos anos da minha vida sofrendo calado e me martilizando do ''por que eu?'' Fazem poucos anos que eu descobri que esta não é uma opção, eu nasci assim e não pude escolher! Quando fiz 18 anos eu ainda estava escondido atrás de ''atitudes heterosexuais'' mas foi somente quando eu sai de casa em agosto de 2010 que pude começar a viver da forma que realmente sou, eu não sou afeminado (quer dizer, a não ser quando estou zuando com minhas amigas bee's), não saio pelas ruas com uma bandeira escrito ''sou gay'', não preciso fazer isso e acho que ninguém precise... O universo gay é muito grande e se divide de muitas formas, desde aquelas pessoas que acham que podem transformar todos que o cercam em homossexuais até aqueles que sabem muito bem onde estão seus limites e até onde podem brincar e falar sobre o homossexualismo. Eu espero que esteja encaixado nesse categoria hehehe, mas sei que tenho muita coisa pra aprender ainda. Hoje, com apenas 19 anos, posso dizer que nesse menos que um ano que estou fora de casa, já aprendi muitas coisas, tanto boas como ruins, já sofri bastante e a coisa que mais me questiono até hoje é: será que a vida afetiva de gay's realmente terá algum futuro feliz? Isso é algo que quero falar numa próxima postagem, o que quero relatar agora, é que por que eu sou gay, isso não quer dizer que saio na rua olhando todos os caras que passam pela minha frente, é até engraçado dizer isso, mas é verdade, muitos homens heteros acham que por que somos gay's, temos fantasias sexuais com todos eles.... que absurdo! Os homossexuais, assim como as mulheres heterosexuais, procuram homens que sejam educados, atenciosos e que a vida amorosa não se resuma em apenas prazer e sexo, isso não é tudo. Uma conversa de horas e horas, um filme, uma caminhada no parque, uma piada, um jantar romântico... tudo isso deveria sim fazer parte do nosso mundo, mas as coisas hoje em dia são tão passageiras que são poucos amigos meus (ou quase nenhum), que tenho visto que vivenciam isso com seus pares.
Quando minha mãe descobriu sobre mim (na verdade ela sempre soube), caiu em choro, não queria que ninguém da minha família soubesse de mim e ainda deu a maior força para que eu saísse de casa naquele momento, por um lado foi bom, mas por outro eu muito que queria ter ouvido um ''filho, fica em casa, tudo vai ficar bem''... Passados alguns meses, ela já estava mais acostumada com tudo isso e decidiu que eu poderia deixar com que qualquer pessoa que quizesse saber sobre mim, soubesse. É claro que como toda mãe, no fundo nunca vai aceitar e sempre vai haver aquela esperança que no fundo seu filho seja normal. Acho quem nasceu gay (lésbicas se encaixam nisso também), nasceu por que tem capacidade de lidar com o preconceito, não sou nenhum coitadinho discriminado, tenho malícias e ganas assim como qualquer pessoa, tenho inúmeros defeitos, mas eu falo com orgulho: uma das minhas qualidade é ser

 

 

 

Eu não menti... tenho qualidades e defeitos.

Não... eu não menti quando disse pra você que precisava de um tempo, quando disse que precisava ficar comigo mesmo mas você me via nas outras festas com outras pessoas... você já parou pra pensar que são amigos? que são pessoas que estão me dando força? A maioria das pessoas que me conheceram aqui em Blumenau, sabem que eu vim de outro lugar, e que sou novo aqui, além de ser novato na cidade, sou novo em termos de idade também, apesar das pessoas sempre me apontarem 20 ou mais de idade! Tenho 19, tenho cabeça de 19, não adianta dizer que tenho 19 de idade mas 25 de cabeça, não não e não! Sou imaturo o suficiente para minha idade, mas não acima do ponto.... tenho meus fortes, acho que minha principal qualidade é minha qualidade intelectual, eu penso tanto nas coisas e são tantas coisas que se passam por minha mente (como eu já disse várias vezes nesse blog), que meu senso de percepção das coisas se faz uma qualidade...
Os relacionamentos amorosos sempre vão ser para mim algo que deve-se tomar muito cuidado, eu auto-protego meu coração e procuro avisar as pessoas que me cercam que para eu entregá-lo, é preciso de muita paciência e persistência, talvez por isso mesmo que muitas pessoas têm desistido de mim, e eu não me importo com isso, por que as pessoas vem e vão nas nossas vidas, aqueles que eu sei que podem de alguma forma fazer diferença em meu viver, tenho muito muito selo, é como se quando você pega um copo cheio e quer cuidar para que o líquido não caia... eu tomo esse cuidado, mas o mais estranho de tudo é que eu às vezes tomo esse cuidado de LONGE. Agora pra sua cabeça não ficar confusa com o que estou escrevendo vou direto ao ponto: se eu um dia fiquei contigo e alguns dias depois eu inventei desculpas esfarrapadas somente pra não te encontrar de novo, não é por que eu não gostei, pelo contrário, é por que gostei de você e tenho medo de machucá-lo. Por que muitas pessoas que já tentei algo, machuquei, não quero viver fazendo isso, me sinto mau.... agora, aqueles que vivem atrás de mim (por raiva ou ódio), dizendo que machuquei-os, que fiz mal... esses eu não me importo, por que não tem coisa mais ''demagoga'' (eita!) que fazer isso! É o que digo, atualmente estou de boa na canoa... opps... lagoa. A única coisa que peço é: não tenha medo de se aproximar de mim DE NOVO (se estou dizendo ''de novo'' é por que estou me regidindo a aquelas pessoas que um dia já estiveram perto de mim), vem cá! vem de novo conversar comigo, eu não mordo. Eu não terei medo, irei encontrar-te na rua e vou parar você pra bater um papo de um minuto... vou sorrir e esse vai ser o mais sincero sorriso que eu já te dei... quem sou eu pra finjir não conhecer quem tenho medo de machucar? isso é tão estranho, até pra mim mesmo que estou escrevendo todas essas insanidades. Mas é meu mundo.. e se você leu até aqui, fico muito feliz, pois sei que cada vez mais você está me conhecendo. Te adoro muito! Me faça saber que te adoro! Me faça saber que você me leu até aqui! Estou esperando um comentário justamente de você... ah... vou ficar tão feliz quando você me confirmar essa certeza que eu já tinha dentro de mim! aguardadei. Mil beijos! leitores!

Quem Eu Sou

A vida me mostrou
Que é pouco o que eu sei
Eu abro a porta
Pro que eu não perguntei
E assim eu vou

Procurando
Nos meus sonhos
Descobrindo
Quem realmente eu sou
Inventando
Um caminho
Libertando quem realmente eu sou

A vida é assim
Não vem com manual
E só perde quem não corre atrás
Quem não joga o jogo por ter medo de errar
Mas quem se sente pronto pra viver?

Deixo o sol guiar o meu olhar
E assim eu vou

(refrão)

E meu caminho vai
Sem medo de chegar
Só vou olhar pra trás
Pra ver o sol se pôr

(refrão)

Sandy Leah - Quem Eu Sou
...do álbum "Manuscrito"



Ainda não sei quem eu sou, tantas vezes me surpreendi comigo mesmo, tantas vezes achei que era uma coisa mas na hora ''h'' meu coração me levou para outros horizontes, sempre deixei claro para as pessoas que me cercam que sou muito mais racional do que emocional, mas tem vezes que parece que nem a razão e nem e emoção tem haver com minhas decisões, isso é certo, sou alguém muito, mas muito leigo e inexperiente em tudo, e tenho bastante o que aprender, quero "libertar quem realmente eu sou" como diz a letra da música... que por sinal, é muito bela... :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário