Follow by Email

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

As cores do mundo.


Quando se mora longe de casa, as coisas são bem mais difíceis do que pensamos que possa ser... aquele pensamento de "ah, vou trabalhar, pagar minhas contas, fazer festa e ser independente!" deixa logo de existir quando vemos que as coisas são bem mais complexas do que tudo isso, o melhor da história é que adquirimos uma maturidade impagável! Aprendemos a não confiar em qualquer pessoa, por mais que a pessoa seja simpática, sorridente e demonstre querer te ajudar, pode ser a primeira também a te passar pra trás, pense nisso! A verdade é que hoje em dia cada um está cada vez mais "por si" e se alguém que você não conhece ou nunca viu quer te ajudar demais, é por que tem interesses por trás disso. O mundo sempre nos trouxe aos olhos uma imagem dos sonhos, onde as coisas são fáceis e tudo fica à mil maravilhas.... ah! que ilusão! Ainda bem que já abri meus olhos pra isso, embora eu pense que seja tarde que tenha feito isso, mas ao menos aconteceu, faz parte do ser humano ter seu grau de individualidade...
Sempre pensei que devo me esforçar pra me encaixar nesse mundo que estou, como se eu não fosse dele, fosse de outro lugar... isso não está certo, eu sou daqui sim, o que ocorre é o simples fato das pessoas mudarem o mundo da forma delas, e a forma de ver as coisas da maioria das pessoas é que sempre vai prevalecer.
Já tive meu tempo de ficar maravilhado e ansiado em morar no litoral do estado que vivo, lá é tão lindo, tem tanta coisa e parece tão mais fácil viver. O lugar que morei 18 anos, Herval d'Oeste, onde quase todos se conhecem dentre os 20.000 habitantes, pode ser um péssimo local para pessoas como eu, que gosto de sair e não quero ninguém cuidando da minha vidinha
mas é lá que estão meus verdadeiros amigos, é onde está minha família e jamais sairia de lá falando mal e dizendo que nunca mais voltaria, pelo contrário, máximo respeito pela cidade e por quem ainda está lá. Dias difíceis me aguardam, e eu sei, não terei amigos por perto, família por perto e nem um apoio, mas sabe de uma coisa? Acho que todo esse tempo querendo sair de
casa que eu fiquei que foi mais ou menos uns 2 anos planejando ir embora, serviu para me preparar para o que vou passar... não estou sendo negativo, mas a gente sabe que nem tudo é um mar de rosas e os dias difíceis vem pra todos, ainda mais quando se está longe de apoios fundamentas para nós como dos amigos de verdade e da família.
Sinto que mais uma vez os dias difíceis vem chegando pra mim... mas vamos em frente, para conquistar meu sonho tenho que pagar um preço... eu já deveria ter esquecido minhas paixões à muito tempo, por que amanhã mesmo começa a mudar muita coisa pra mim... mas ok! o que vou fazer é guardar num canto do meu coração essas duas pessoas muito especiais pra mim,
e qualquer dia, lá pra frente talvez eu desbloqueie esse sentimento que estou bloqueando hoje, para uma delas, ou para as duas.. hehe.. enfim! vida nova me aguarda e novos obstáculos também! eu sei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário